Jerónimo acusa Rio de querer “ressuscitar contrarreforma” de Passos e Portas de corte nas pensões

No almoço da CDU Comemorativo do 45.º Aniversário do 25 de Abril em São João da Talha, Loures (Lisboa), Jerónimo de Sousa classificou de “gasto e falacioso” o discurso das reformas estruturais, seja no sistema eleitoral, justiça ou segurança social.

Artigos Relacionados

Foi útil?

Deseja obter mais informação?