“Taxa Google” rejeitada: União Europeia falha acordo sobre imposto defendido por Governo português

Impulsionada pela França e apoiada por Portugal, a criação de um imposto sobre as grandes empresas da Internet a ser aplicado a nível europeu, mereceu a objeção sobretudo de Suécia, Dinamarca, Finlândia e Irlanda, países que desde o início consideraram que a UE não deveria avançar unilateralmente com a tributação digital.

Artigos Relacionados

Foi útil?

Deseja obter mais informação?